Embaixada de Israel em Luanda retoma programa de formações Mashav

O embaixador de Israel em Angola, Shimon Solomon, reuniu-se, na terça-feira, 24, com profissionais angolanos de várias áreas ligadas à diplomacia, com o intuito de retomar o programa de formações oferecidos pela Agência Israelita de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento – Mashav.

O principal objectivo da reunião foi o de colher opiniões e partilhar experiências entre os graduados, visando a retomada do programa de formações, que esteve limitado devido à pandemia de Covid-19.

Estiveram reunidos em Luanda, na residência oficial do embaixador israelita, jovens formados e profissionais angolanos que participaram de cursos oferecidos pelo Mashav, num brunch [pequeno almoço] que contou com a presença de cerca de 25 graduados de diversos ramos a quem o embaixador agradeceu a presença e fez questão de ouvir os depoimentos, assim como inteirar-se do impacto real que as formações tiveram na vida profissional dos mesmos.

O diplomata mostrou-se ainda maravilhado com o êxito do programa de formações e não escondeu a sua satisfação, tendo afirmado que o conhecimento adquirido serve para ajudar as pessoas do mundo todo.

“Fico maravilhado por saber que Israel, através do programa Mashav, faz parte da história de cada angolano aqui presente e que o conhecimento e experiência que temos tem servido cada vez mais pessoas ao redor do mundo, particularmente aqui em Angola”, expressou o embaixador.

Durante a ocasião, Shimon Solomon apresentou o projecto e as perspectivas para o a perspectiva que o Estado de Israel tem para o programa em Angola e os demais países africanos.

“O Mashav, a nossa Agência para a Cooperação Internacional, congrega especialistas em diversas áreas de actividade, que todos os anos, com o investimento do governo de Israel, conduzem pesquisas e buscam soluções para problemas que Israel enfrenta, mas que são igualmente desafios para outros países, como, por exemplo, a questão da seca no Sul de Angola, muito semelhante a Israel, mas que, ao longo do anos, com experiências constantes e muita inovação, foi possível transformar o nosso deserto em terra aráveis”, salientou o embaixador.

“Hoje, em Israel é um deserto é verde, cultivamos de tudo um pouco. Isto é superação e é o que queremos partilhar com o mundo”, referiu.

 Sobre o Mashav

MASHAV – Agência Israelita de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento é um órgão afecto ao Ministério das Relações Exteriores de Israel, que presta especial atenção a questões críticas. Detém um programa contínuo de formações que envia, anualmente, profissionais de diversos países do mundo, incluído Angola, para cursos on job learning em Israel, em vários ramos de actividade.

Nos últimos anos, mais de 1.300 angolanos frequentaram cursos de agricultura, educação, energia renováveis, meio ambiente, desenvolvimento sustentável, comunicação, entre outros.

Bernardo Pires

Bernardo Pires

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.