Economista camaronês Albert Zeufack será o novo representante do Banco Mundial em Angola a partir de Julho

O Banco Mundial (BM) anunciou, nesta terça-feira,17, que o actual economista-chefe para África, o camaronês Albert Zeufack, será o novo representante da instituição em Angola, República Democrática do Congo (RDC), Burundi e São Tomé e Príncipe.

De acordo com um memorando interno do BM, citado pela Lusa, o economista vai tomar posse já a partir do mês de Julho deste ano, residindo em Kinshasa, capital da RDC, onde está a sede da instituição a nível da região.

A desempenhar o cargo de economista-chefe do banco para toda a região de África desde 2016, Zeufack é igualmente responsável pela publicação semestral ‘Pulsar de África’, o principal relatório do Banco Mundial sobre o continente.

Albert Zeufack entrou no Banco Mundial em Janeiro de 1997, interrompendo apenas entre 2008 e 2012, quando trabalhou para o Fundo Soberano da Malásia.

Actualmente, o cargo de representante do Banco Mundial na região (Angola, RDC, Burundi e São Tomé e Príncipe) é desempenhado pelo francês Jean- Christophe Carret.

Nok Nogueira

Nok Nogueira

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.