Deloitte vai encaixar USD 5,8 milhões para auditar as contas das companhias petrolíferas que actuam em Angola

A Deloitte Angola, sucursal da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, empresa de consultoria e auditoria financeira, com sede em Nova Iorque, nos Estados Unidos, vai ser a entidade encarregue por auditar as contas das companhias petrolíferas que actuam em Angola referentes aos exercícios fiscais de 2021 e 2022, no âmbito de um contrato por ajuste directo com o Estado angolano, no valor de 5,8 milhões de dólares norte-americanos.

A informação consta do Despacho Presidencial n.º 160/22, de 17 de Junho, assinado pelo Presidente João Lourenço, que autoriza e formaliza a contratação simplificada, pelo critério material, para aquisição de serviço de consultoria de apoio às auditorias às declarações fiscais e às contas das companhias petrolíferas no valor em kwanzas equivalente a USD 5 800 000,00 (cinco milhões e oitocentos mil dólares americanos).

O referido contrato visa, de acordo com o despacho presidencial, “a adopção de um procedimento célere e desconcentrado para tomada de decisão contratuais, a fim de se obter serviços de consultoria com fundamento na aptidão técnica”.

O documento refere ainda que a prática de todos os actos decisórios e de aprovação tutelar no âmbito do referido procedimento, incluindo a celebração e assinatura dos correspondentes contratos, será da competência da ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa.

À ministra das Finanças ficou igualmente incumbida a tarefa de assegurar os recursos financeiros necessários à boa execução dos referidos contratos.

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.