Crédito ao sector público não financeiro caiu 4,9% para 380,9 mil milhões kz em Abril

O endividamento do sector público não financeiro totalizou, no mês de Abril, 380,94 mil milhões de kwanzas, dos quais 61,96% referentes à administração pública e 38,04% às empresas públicas. O montante corresponde a uma redução de 19,71 mil milhões de kwanzas (4,92%), se comparado ao período homólogo.

Os dados do relatório do Banco Nacional de Angola (BNA), referente ao mês de Abril, recentemente publicado, indicam que no mês em apreciação, o crédito bruto ao sector não financeiro cifrou-se em 4,61 biliões de kwanzas, tendo registado uma ligeira redução de cerca de 136,73 mil milhões kz (2,88%), face ao período homólogo, sendo que 91,75% corresponde ao endividamento do sector privado (empresas privadas e particulares) e 8,25% ao endividamento do sector público (administração pública e empresas públicas).

Por sua vez, o endividamento do sector privado (empresas privadas e particulares) registou uma redução de 117,02 mil milhões de kwanzas (2,69%), ao passar de 4,35 biliões de kwanzas, em Abril de 2021, para 4,23 biliões de kwanzas, em Abril de 2022.

No período em apreciação, o endividamento das empresas privadas não financeira correspondia a 3,46 biliões de kwanzas, com uma diminuição de 10,75 mil milhões de kwanzas (0,31%), e o endividamento dos particulares correspondia a 774,35 mil milhões de kwanzas, com uma redução de 106,276 mil milhões kz (12,07%).

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.