4.ª edição do Prémio de Literatura dstangola/Camões vai distinguir obras escritas em prosa

A 4.ª edição do Prémio de Literatura dstangola/Camões vai distinguir este ano obras escritas no género prosa, publicadas entre os anos de 2020 e 2021 por autores angolanos. As candidaturas estão abertas até ao dia 16 de Abril, nas instalações da dstgroupangola, condomínio Horizonte Sul, em Talatona, Luanda.

O galardão de iniciativa da ‘dstgroup’, em parceria com o Camões, distingue, anualmente e de forma alternada, livros editados em poesia e prosa de artistas nascidos em Angola. Os vencedores habilitam-se a um prémio equivalente a 15.000,00 euros, a ser pago em kwanzas, mediante o câmbio à taxa aplicável do Banco Nacional de Angola, à data do pagamento em Angola.

“Este prémio surgiu para incentivar a criatividade dos autores e o crescimento do sector cultural angolano, dando-lhe a visibilidade e incentivos para que todos nós possamos beber desse imenso conhecimento e crescermos como seres humanos”, afirma José Teixeira, presidente do dstgroup.

O prémio já distinguiu autores como Zetho Cunha Gonçalves, com o livro ‘Noite Vertical’, Pepetela, com o romance ‘Sua excelência de corpo presente’ e Benjamim M’Bakassy, com a sua obra de estreia ‘Eutópsia eutopia virada do eu-verso’.

O ‘dstgroup’ assume-se não só como impulsionador da criatividade literária, mas também como mecenas da cultura, incentivando o apoio cultural e artístico, tendo inclusive criado a sala de leitura dstangola no Centro Cultural Português em Luanda.

Esta sala recebeu do ‘dstgroup’ milhares de livros, no valor de mais de 12.500,00 euros, no âmbito do protocolo assinado em 2019 com o Camões-Instituto da Cooperação e da Língua, e para o qual está previsto um reforço mais de seis mil euros em livros e equipamentos.

Irinea Lukombo

Irinea Lukombo

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.